palavra dos Pastores


                        Pra. Josefina Barboza

A IMPORTÂNCIA DE CAMINHAR JUNTOS

"Porventura andarão dois juntos, se não estiverem de acordo?" (Amós 3:3).

Estar casado não é apenas assinar um documento no cartório e não fala apenas do ato conjugal ou da união física dos cônjuges, fala também de caminhar uma vida inteira lado a lado. Existem várias maneiras de estar fisicamente juntos.

Caminhar juntos é cuidar do bem estar um do outro, com responsabilidade e amor. São em atitudes simples como fazer a comida que o outro gosta, cuidar da saúde do outro, fazer um esforço e manter o regime mesmo que não necessite de emagrecer, ir a academia ou assistir um jogo de futebol com o outro somente pelo prazer de estar fazendo a mesma coisa. Ter os mesmos hobbies, ou ao menos admirar o que o outro faz.

Caminhar juntos é lavar a louça (e o carro também) mesmo que isso não seja sua obrigação, ir ao shopping e ficar olhando a vitrine mesmo que isto não lhe dê prazer algum, ir ao cinema mesmo quando está com sono somente para fazer companhia ou cumprir uma promessa. É lembrar o outro de orar e orar junto, compartilhar uma palavra bíblica onde Deus falou com você.


UNIÃO GEOGRÁFICA

A união geográfica nos faz deixar pai e mãe e dividir o mesmo lar. Não que devamos desprezar ou deixar de visitar ou sermos visitados por nossos pais, tios, primos, sobrinhos, mas é ter um canto só da gente. Lar é onde nossa cabeça descansa e nos sentimos nós mesmos, um lugar onde podemos revelar nosso jeito máscaras. Essa união geográfica fala de responsabilidades e dá saúde ao relacionamento, pois só estando um com o outro podemos nos conhecer melhor a cada manhã

UNIÃO FINANCEIRA

Outra faceta que é a união financeira. Na estruturação do nosso lar, despesas de alimentação, roupa, condução, tratamento médico, escola dos filhos tudo isso deve ser gerenciados pelo casal para manter o lar, mas o essencial é ter a consciência que o dinheiro é do casal e não de um só.

Tessalonicenses 4:11,12 que diz: "E procureis viver quietos, e tratar dos vossos próprios negócios, e trabalhar com vossas próprias mãos, como já vo-lo temos mandado; Para que andeis honestamente para com os que estão de fora, e não necessiteis de coisa alguma."

O casal cristão precisa saber limitar as dívidas, não entrar em compras excessivas e desnecessárias para que possam viver dentro das suas próprias capacidades, pois o que toma emprestado é servo do que empresta. (Provérbios 22:7).

Para isso o passo mais importante é a fazer um orçamento mensal e a controlar as despesas.

UNIÃO ESPIRITUAL E EMOCIONAL

Há de se falar ainda que caminhar juntos é estar unidos emocionalmente e espiritualmente, isto quer dizer que o que um sente o outro sente, o que um sofre o outro sofre, a vitória de um é a vitoria do casal e a derrota deve ser encarada com parceria e humildade sabendo que qualquer um pode errar.

Caminhar juntos é ter como melhor amigo seu cônjuge, seu confidente, alguém em quem se pode confiar. Deixando de lado as críticas e falatórios sem sentido o que não significa deixar as coisas passarem sem diálogo e sim saber o momento certo de conversar.

Na União espiritual devemos acrescentar mais um elemento. O casal precisa incluir Deus na sua união, para ter capacidade de sobreviver grandes dificuldades. (Eclesiastes 4:12: "... o cordão de três dobras não se quebra tão depressa").

E que venham as tempestades e os ventos, a casa construída sobre a rocha não se abalará. E que venham os tempos bons, onde as sementes boas plantadas durante a boa convivência resultará em flores e frutos.